Estar atualizado para operar novas tecnologias é a marca do bom profissional de hoje. É bom para o trabalhador e excelente para a empresa, por isso as organizações estão criando cursos de reciclagem e atualização a distância, gerando oportunidades maiores de qualificação de sua mão de obra.

Conhecimento sem limite

Sabemos que a riqueza na era em que vivemos será medida pelo conhecimento que seremos capazes de construir. O acesso à grande quantidade de informações nos oferece possibilidades importantes, mas só vamos transformá-las em conhecimento se conseguirmos “dar sentido”, significar boa parte dos dados, informações e notícias a que temos acesso. Quando estamos no trabalho, estudo, ou até no trajeto à nossa casa, estamos em contato com dispositivos que facilitam a compreensão de processos que no passado ficavam “escondidos”. As tecnologias estão mais transparentes e isso nos permite aprender com facilidade novas e simples rotinas do cotidiano, mas esse aprender a operar um dispositivo ainda é muito pouco para se considerar conhecimento. Conhecer uma tecnologia não é apenas operá-la, mas entender o funcionamento do sistema e o conectar a outros saberes que acumulamos na vida.

tecnologiasinteligia1O filósofo francês Pierre Levy tem uma vasta produção bibliográfica decifrando as potencialidades do momento tecnológico/digital para o conhecimento. Em “As Tecnologias da Inteligência” Levy explica a complexidade da inteligência humana e como as ricas conexões aleatórias – as que caracterizam o conhecimento – inspiraram a estrutura do hipertexto na internet. Nesta obra, ele destaca como as tecnologias podem potencializar o conhecimento ao incrementar cursos presenciais e A Distância com simulações virtuais de situações estudadas.

Ensino a Distância, o admirável mundo novo do conhecimento

Não há como não se entusiasmar com tantas possibilidades de se enriquecer cursos e experiências com projetos de EaD bem estruturados. Aprender em plataformas multimídias com videoaulas, conteúdos históricos, informativos e iconográficos organizados e onde o aprendente possa acessar espontaneamente, de acordo com seu interesse e curiosidade, é uma experiência extraordinária. Ambientes de discussão em grupo, troca de mensagens e diálogos com orientadores, além de pastas para arquivo de documentos em produção compõem uma plataforma digna de EaD. A única questão que pode comprometer este momento é usar estas possibilidades sem a competência profissional adequada.

O modelo de Ensino a Distância tem sido muito usado em universidades e instituições acadêmicas de ensino superior e até em cursos do ensino médio já que existe regulamentação do Ministério da Educação e do Governo do Estado de São Paulo para o uso de até 20% do curso como EaD.

O ambiente corporativo também está utilizando o EaD com muito sucesso na reciclagem e formação de equipes de trabalho. Como o aperfeiçoamento profissional é um objetivo comum, empresas e funcionários assumem responsabilidades para a criação de novos cursos coordenados pela empresa para serem cursados em horários extra-jornada de trabalho.

Foto04

IMG_4152-2

Conheça algumas experiências de videoaulas e EaD desenvolvidas pela Aramá Comunicações.